Quem conta um conto....

"Eu queria escrever luxuoso. Usar palavras que rebrilhaassem molhadas e fossem peregrinas. Às vezes solenes em púrpura, às vezes abismais esmeraldas, às vezes leves na mais fina seda macia." - Clarice Lispector
"Somos os filhos da revolução, somos burgueses sem religião, somos o futuro da nação, geração coca-cola." É, a geração coca-cola acordou. A geração paciente, que nada faz, "as pessoas na sala de jantar." Por que? Porque deixar nas mãos da sorte o futuro não basta. Porque a população já está cansada de tanta corrupção, tanta injustiça, tanta violência, tanta repressão. Porque o dinheiro que falta na educação, na saúde, no transporte e na segurança pública de qualidade, está nas contas bancárias de alguns. Estamos lutando por direitos, sejam aqueles que estão nas passeatas,ou os o que, como eu, por motivos de força maior estão sentados no sofá, escrevendo um texto. Estou escrevendo porque estou inquieta, me sentindo impotente enquanto o país luta, protesta e manifesta por aquilo que temos direto, por aquilo que está na constituição. O Brasil não aguentava mais, precisava de um estopim para a bomba estourar e ela estourou com toda força. É lindo de se ver, deve ser mais bonito ainda participar. “Mas agora chegou nossa vez, vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês.”
(Carolina Michels)

"Somos os filhos da revolução, somos burgueses sem religião, somos o futuro da nação, geração coca-cola." É, a geração coca-cola acordou. A geração paciente, que nada faz, "as pessoas na sala de jantar." Por que? Porque deixar nas mãos da sorte o futuro não basta. Porque a população já está cansada de tanta corrupção, tanta injustiça, tanta violência, tanta repressão. Porque o dinheiro que falta na educação, na saúde, no transporte e na segurança pública de qualidade, está nas contas bancárias de alguns. Estamos lutando por direitos, sejam aqueles que estão nas passeatas,ou os o que, como eu, por motivos de força maior estão sentados no sofá, escrevendo um texto. Estou escrevendo porque estou inquieta, me sentindo impotente enquanto o país luta, protesta e manifesta por aquilo que temos direto, por aquilo que está na constituição. O Brasil não aguentava mais, precisava de um estopim para a bomba estourar e ela estourou com toda força. É lindo de se ver, deve ser mais bonito ainda participar. “Mas agora chegou nossa vez, vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês.”

(Carolina Michels)